Raios V - Engenharia, Assessoria & Consultoria

Corrente de fuga: um dos males dos varistores de baixa tecnologia

Por Raios V em 22/04/2021
Corrente de fuga: um dos males dos varistores de baixa tecnologia

Diversas tecnologias podem ser empregadas na confecção de dispositivos de proteção contra surtos (DPS), sendo mais comum o uso de centelhadores, diodos tranzorb e varistores de óxido de zinco. Esse último é o mais popular no mercado de proteção, devido a sua versatilidade que permite desviar surtos de médias e baixas intensidades, além de baixo custo quando comparado às demais alternativas.

Um varistor nada mais é do que dois eletrodos separados por uma pasta de óxido de grãos de zinco. Em condições normais esses grãos ficam embaralhados de forma desordenada e sua resistência elétrica é grande o suficiente para impedir a passagem da corrente comum do circuito.

Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Aguarde..